Fábricas de cimento angolanas retomam produção

Ana Tavares |
Fábricas de cimento angolanas retomam produção

 

A fábrica estava sem combustível para produzir clínquer, o que aconteceu também a outras fábricas angolanas. Esta é a maior fábrica de cimento do país, com capacidade de produção anual de 3,6 milhões de toneladas de cimento.

O mercado começa, assim, a receber cimento já a partir de Dezembro, e até lá a fábrica trabalha para repor stocks, segundo a Macauhub.

Por outro lado, a Fábrica de Cimento do Kwanza Sul, com capacidade instalada de 1,5 milhões de toneladas de cimento por ano, está em fase de contratação de pessoal estrangeiro, para que a produção seja retomada entre o final deste ano e o início de 2018. Paralisou também por falta de combustível.

Angola volta a ser auto-suficiente em cimento com a retoma das fábricas da CIF, Nova Cimangola, CDKS, Secil e Cimenforte.