Fábrica de cimento do Kwanza Sul retoma produção em Janeiro

Ana Tavares |
Fábrica de cimento do Kwanza Sul retoma produção em Janeiro

 

A garantia foi dada pelos responsáveis da empresa ao ministro da Construção, Manuel Tavares de Almeida. A fábrica parou pela incapacidade em obter fuel óleo pesado, necessário para a produção de clínquer, altura em que dispensou cerca de 900 trabalhadores directos e 700 indirectos. A fábrica de cimento do Bom Jesus, do CIF, ficou também na mesma situação, tendo entretanto retomado a sua produção.

Estas são as únicas fábricas em Angola que produzem clínquer, o que levou à paralisação da Secil Lobito ou da Cimenfort, no Lobito e em Catumbela. A Macuahub lembra que, posteriormente, o governo angolano decidiu que a Refinaria do Lobito passaria a fornecer combustível diretamente à FCKS e à fábrica da CIF, até então obrigadas a comprar o combustível à concorrente Nova Cimangola.

Angola volta, assim, a ter uma capacidade de produção de 8,6 milhões de toneladas de cimento por ano.