€345M investidos no centro histórico de Lisboa no 1º semestre do ano

Ana Tavares |
€345M investidos no centro histórico de Lisboa no 1º semestre do ano

 

As transações analisadas incluem a venda de prédios, frações, reabilitados ou por reabilitar, nas áreas de habitação, retalho e serviços, e este volume de investimento representa uma subida de 17% face ao semestre anterior, quando foram transacionados 296 milhões de euros.

O número de imóveis vendidos manteve-se praticamente ao nível do semestre anterior, quando foram registadas 889 transações, pelo que o aumento do volume de investimento terá provavelmente resultado da aposta em imóveis de maior valor, segundo a Ci. O volume médio de investimento rondou os 394.000 euros no 1º semestre deste ano, por comparação aos 338.000 euros do semestre anterior.

Contudo, face ao 1º semestre de 2016, a nota foi de queda do volume de investimento (-13% face aos 395 milhões de euros) quer no número de ativos transacionados (-34% face às 1.345 transações do período homólogo). A Ci assinala que o 1º semestre de 2016 atingiu em ambos os indicadores a marca mais elevada desde 2013.

Na primeira metade deste ano, os preços continuaram a crescer no centro histórico de Lisboa, num aumento semestral de 14% e homólogo de 26%. A subida verifica-se há 6 semestres consecutivos, numa subida acumulada de 67% desde meados de 2014. Só os preços residenciais apresentam uma subida homóloga de 23,7% no 2º trimestre de 2017, e uma valorização acumulada de 58% nos últimos 3 anos.