Escritórios: Worx coloca 30% da área colocada no 1º semestre

Fernanda Cerqueira |
Escritórios: Worx coloca 30% da área colocada no 1º semestre

 

«Os resultados do primeiro semestre permitem prever um fecho de ano positivo e que poderá mesmo vir a superar o take-up total do ano transato», comenta Pedro Salema Garção, Head of Agency da Worx. E acrescenta que «a tendência de aumento de rendas, por força da diminuição da oferta, manter-se-á. O mercado mantém o dinamismo enquanto existir resposta e esta deverá ser reforçada com investimentos em novos escritórios».

De acordo com a contas da consultora, no final do 1º semestre de 2018, o valor de take-up registou um aumento de cerca de 10% face ao mesmo período do ano passado. De realçar que este aumento foi conseguido com menos 21 operações realizadas em comparação ao ano de 2017, o que revela um aumento considerável da área ocupada por transação.

As zonas emergentes e corredor oeste de Lisboa têm os maiores valores de take-up neste 1º semestre, contabilizando mais de 43% do volume de take-up total. A necessidade de expansão ou relocalização de empresas ligadas ao setor financeiro e TMT´s & Utilities, têm conduzido a procura para estas zonas de mercado que ainda apresentam uma oferta disponível direcionada para áreas maiores e com valores de arrendamento mais competitivos.