Entram em vigor novas ARU's de Braga

Ana Tavares |
Entram em vigor novas ARU's de Braga

Estas ARU’s integram zonas carentes de intervenções públicas e privadas, sendo que a reabilitação é prioridade para o município: «quer no quadro das políticas públicas, no debate técnico-científico ou, ainda, ao nível do mercado imobiliário e da indústria da construção, a reabilitação urbana surge como uma nova tendência que se tem vindo a evidenciar», nota o vereador do Urbanismo de Braga, Miguel Bandeira. «Em Braga, estas áreas integram 6.466 alojamentos vagos, onde cerca de 40% precisa de obras de manutenção, facto que representa um potencial de intervenção bastante significativo», explica. Por isso, acredita que «é fundamental que os privados entendam o que isto representa ao nível dos incentivos fiscais previstos, nomeadamente a aplicabilidade do IVA a 6%, para empreitadas de reabilitação urbana dentro de ARU’s», cita o Correio do Minho.

O município de Braga lançou recentemente um portal online onde é possível aceder a mais informações sobre esta matéria. O edil avança que «este novo portal surge na sequência de uma política pública transparente e que visa dotar os munícipes dos meios necessários para avançar com obras de reabilitação urbana ao mesmo tempo que disponibiliza informação estratégica relativamente às mesmas».