Edifício do café Imperial nos Aliados vendido por €12 M

Fernanda Cerqueira |
Edifício do café Imperial nos Aliados vendido por €12 M

 

A Avenida dos Aliados, sala de visitas da cidade do Porto, está no foco das atenções dos investidores e promotores imobiliários conquistados pela singularidade arquitetónica dos seus edifícios.

Segundo avança a Vida Económica, a mais recente transação foi celebrada entre a família Amorim, proprietária do edifício do antigo café Imperial, e Manuela Medeiros, empresária que fundou a Parfois.

O imóvel, que ocupa os números 126 a 130, tem uma área bruta de 3874 metros quadrados, num total de área locável de 3276 metros quadrados. Desenvolve-se por cinco andares e apresenta a quase totalidade da área dos andares superiores devoluta, à exceção do quinto piso, onde funcionam os escritórios do hotel Peninsular, de duas estrelas. O rés-do-chão, onde funcionou o emblemático café Imperial, é hoje ocupado pelo restaurante McDonald’s.

O imóvel entrou no mercado pelo valor de 10 milhões de euros tendo escalado até aos 12 milhões, uma valorização que comprova a nova dinâmica do mercado imobiliário nacional.

 

Porto entrou na rota dos grandes investidores

 

O edifício do antigo café Imperial é apenas um exemplo dos grandes negócios em curso na Avenida dos Aliados. Depois da requalificação do Quarteirão das Cardosas e do Hotel Intercontinental / Palácio das Cardosas, somou-se a reabilitação do antigo edifício do jornal Comércio do Porto, um empreendimento que traz oferta residencial de luxo à Baixa da cidade. Em curso está o projeto ‘Monumental Palace Hotel', um cinco estrelas promovido pelo empresário Mário Ferreira, e a reabilitação e requalificação do edifício da antiga Casa Navarro, um projeto apresentado pela sociedade Silvermoments, Investimentos Turísticos e Imobiliários.

Em processo de venda está o edifício das antigas instalações do banco BES. A comunicação social tem avançado, sem confirmação dos intervenientes, que a venda já foi realizada, tendo o imóvel sido adquirido pelos donos da conhecida marca de lojas de joalharia e relojoaria, David Rosas.