Critical Software abre 4 novos centros de engenharia

Fernanda Cerqueira |
Critical Software abre 4 novos centros de engenharia

 

Cada novo centro empregará 15 pessoas, sendo que o objetivo é crescer em número de colaboradores e expandir a presença da empresa a outras cidades do país. Em declarações à Lusa, Gonçalo Quadros, diretor executivo da Critical Software, explica que a escolha pela localização dos novos escritórios no Interior do país prende-se com a necessidade de «combater um êxodo das empresas e das pessoas – principalmente os mais jovens – para os grandes centros urbanos», localizados no litoral. Uma decisão apoiada na existência de recursos qualificados capazes de apoiar o arranque dos novos escritórios naqueles locais, para além das «relações fortes ou privilegiadas com algumas universidades ou politécnicos» daquelas cidades. «Estamos a criar células estaminais, que depois se irão especializar, de acordo com as nossas necessidades, com a vocação das pessoas e com a relação com as universidades», sublinhou.

A seleção das localizações dos novos centros está a ser acompanhada pelas Câmaras Municipais das cidades de acolhimento, bem como pelas Universidades e Institutos Polítécnicos. Em Vila Real, por exemplo, a comunicação social indica que o centro de desenvolvimento será instalado, numa primeira fase, no Regia Douro Park – Parque de Ciência e Tecnologia, sendo que à medida que o número de colaboradores cresça o objetivo da Critical Software é mudar para uma instalação definitiva no centro histórico da cidade.