Construção nova cresce 25% e confirma retoma

Fernanda Cerqueira |
Construção nova cresce 25% e confirma retoma

 

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas – AICCOPN aponta «uma maior dinâmica na construção nova, que se está a traduzir num aumento de novos projetos».

Em declarações ao Expresso, Manuel Reis Campos, presidente da AICCOPN recorda que «em 2017 atribuíram-se 17264 licenças para casas novas o que, comparativamente com 2014, ano em que se atingiu o mínimo histórico de 8.317 alojamentos novos licenciados, representa um crescimento de 107,7%. Ou seja, em três anos, o número de alojamentos novos licenciados mais que duplicou».

A recuperação da construção nova «deve-se ao facto de, inequivocamente, estarmos a atravessar uma conjuntura favorável para o mercado imobiliário, alicerçada nas baixas taxas de juro e na pouca atratividade dos produtos oferecidos pela banca, acompanhada ainda pelo bom momento ao nível do turismo e da atração de investimento estrangeiro, o que tem permitido esta trajetória positiva. Recordo que, em 2017, o investimento imobiliário apresentou um crescimento de 21%, atingindo os 22 mil milhões de euros, dos quais 4,7 mil milhões correspondem a investimento estrangeiro», explica.

Contudo, «apesar dos acréscimos significativos observados nos últimos anos, o nível de produção ainda se encontra em níveis muito inferiores ao verificado no passado recente», refere Manuel Reis Campos assinalando a distância que separa os níveis de atividade anteriormente registados, «há 10 anos foram licenciados 45.915 alojamentos novos».