Construção da Marginal da Corimba arranca este ano

Ana Tavares |
Construção da Marginal da Corimba arranca este ano

 

Contemplado no Programa de Investimentos Públicos e na proposta de lei do Orçamento Geral do Estado de 2018, este projecto é uma das grandes obras públicas em perspectiva no país. 

De recordar que o anterior presidente angolano, José Eduardo dos Santos, atribuiu a concessão dos terrenos da marginal da Corimba à Sociedade de Desenvolvimento da Marginal da Corimba por 60 anos e cerca de 154 milhões de dólares, cinco dias antes de deixar de ser Presidente de Angola.

O despacho em causa justifica esta concessão com «o manifesto interesse público subjacente à realização do projecto proposto, cujos objectivos filiam-se, por um lado, no quadro do esforço nacional de reconstrução e do desenvolvimento do país, consubstanciando uma nova perspectiva de ocupação do espaço urbano e gestão das infra-estruturas e equipamentos urbanos, e, por outro lado, na melhoria das condições de acessibilidades à cidade de Luanda, bem como na mais eficiente ocupação do solo», cita o DN.