Ciclovias, estacionamento ou zonas verdes são finalistas do OP de Lisboa

Ana Tavares |
Ciclovias, estacionamento ou zonas verdes são finalistas do OP de Lisboa

 

Segundo o Público, chegaram à Câmara 434 ideias para diferentes zonas da cidade, propostas pelos cidadãos, e estas 128 passam à votação final. 35 propostas enquadram-se na área da reabilitação urbana e espaço público, 27 na estrutura verde, ambiente e energia, e 23 na área das infraestruturas viárias, mobilidade e transportes.

São propostos por exemplo a implementação e desenvolvimento da 2ª fase da reabilitação do parque do Casal Ventoso, em Campo de Ourique, com um orçamento de 500.000 euros, ou a criação de um espaço verde nos separadores centrais da Calçada de Carriche e na Avenida Padre Cruz, entre outros.

À semelhança dos últimos anos, o montante disponível pela CML para estes investimentos é de 2,5 milhões de euros, sendo que 1 milhão será destinado a «projetos estruturantes ou transversais» com orçamento entre os 50.000 e os 500.000 euros. O restante é repartido de igual forma pelas 5 Unidades de Intervenção Territorial para projetos entre os 50.000 e os 150.000 euros.

Os Lisboetas vão poder votar e escolher as propostas que mais gostariam de ver implementadas na cidade até 22 de novembro. As mais votadas serão contempladas no orçamento municipal para o próximo ano.