Centralidade Horizonte recebe os primeiros habitantes

Ana Tavares |
Centralidade Horizonte recebe os primeiros habitantes

 

Nesta centralidade, estão em construção 1.000 fogos destinados a concurso de regime de venda pública livre. Estes 172 apartamentos foram distribuídos pela ministra do Ordenamento do Território, Urbanismo e Habitação, Ana Paula de Carvalho no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Mulher.

Estão em causa 144 apartamentos, 14 moradias térreas e 14 vivendas de dois pisos. A centralidade é constituída por prédios de 4 andares e moradias, bem como sistema de abastecimento de água potável, de tratamento de águas residuais, energia eléctrica e novas vias de acesso. Esta centralidade soma-se à do Cuito, também inaugurada no Bié, com 6.000 apartamentos.

O Jornal de Angola recorda que a centralidade do Andulo foi construída no âmbito do programa “Meu Sonho, Minha Casa”, parceria da Kora-Angola e do Governo angolano, um contributo para a redução do défice habitacional do país.