Casas 1,8% mais caras no 1º trimestre do ano

Ana Tavares |
Casas 1,8% mais caras no 1º trimestre do ano

Este resultado mostra uma aceleração na valorização trimestral dos preços. No último trimestre do ano passado, este indicador tinha apresentado uma evolução de 1%, menos 0,8% que nos primeiros 3 meses deste ano.

Também a taxa de variação homóloga cresceu, com os preços a subir 6,2% no 1º trimestre, depois de um abrandamento do ritmo de crescimento homólogo registado no trimestre anterior, quando a variação foi de 5,6%. Em setembro, foi atingida a marca mais elevada dos últimos 15 anos, nomeadamente uma valorização homóloga de 7,5%.

A Confidencial Imobiliário nota ainda que, em termos acumulados, a recuperação dos preços das casas em Portugal desde o mínimo de mercado atingido em 2013 está agora nos 14,3%. Os preços mantêm-se ainda 3,8% abaixo dos níveis observados no pico de mercado de agosto de 2010, o valor mais elevado desde o início da atual série do índice.