Câmara do Porto cria Museu da história da cidade

Fernanda Cerqueira |
Câmara do Porto cria Museu da história da cidade

As obras de reabilitação das antigas instalações do reservatório de água do Parque da Pasteleira, orçadas em 700 mil euros, já arrancaram numa empreitada promovida pela autarquia e da responsabilidade da empresa municipal Águas do Porto.

Durante a sessão da apresentação do projeto, Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, citado pelo Público, destacou o carácter descentralizador da instalação do futuro museu num jardim que, apesar de totalmente reabilitado, ainda «precisava de uma nova utilização». Neste contexto, também a abandonada cafetaria do Parque da Pasteleira deverá beneficiar com a obra, uma vez que as valências de loja e cafetaria do futuro museu se irão instalar nesse espaço, acrescentou.

Com abertura prevista para outubro de 2018, o novo museu acolherá a história da cidade, «o Cerco do Porto, os torna-viagem, a implantação da República, a ligação da cidade ao rio Douro e ao mar», referiu Alexandra Lima, chefe da divisão municipal de Museus e Património Cultural. 

Foto: Adriano Miranda / Público