C&W comercializa portfólio da Caixa Geral de Depósitos

Ana Tavares |
C&W comercializa portfólio da Caixa Geral de Depósitos

 

O conjunto de ativos inclui o conhecido quarteirão pombalino reconstruído nos anos 60, com um total de 13.000 m². Para a consultora, trata-se de «uma rara oportunidade de promoção de um projeto icónico de luxo – residencial ou turístico – com dimensão, numa localização privilegiada e cada vez mais estratégica do centro histórico da cidade».

No portfólio inclui-se também um terreno para promoção na Avenida João XXI, junto ao edifício sede da CGD, com 1.264 m², classificado como Espaço Central e Residencial no PDM de Lisboa. Aqui poderá surgir um projeto residencial com mais de 7.000 m² de construção acima do solo.

Nota ainda para um outro terreno em Telheiras, frente às instalações do Hospital da Marinha, com 8.100 m². Está integrado em Espaço Urbano Central e Residencial a Consolidar, segundo o PDM, e poderá acolher um projeto residencial.

Ana Gomes, Associate e diretora de Promoção e Reabilitação da C&W em Portugal, explica que «esta é uma rara oportunidade de, por um lado, reabilitar um edifício marcante pela sua posição e enquadramento no centro histórico da capital; e por outro, de constituição de uma bolsa de promoção futura com grande potencial de desenvolvimento residencial em localizações estratégicas da cidade. O mercado está muito atento a oportunidades de aquisição de imóveis de grande qualidade e cuja reconversão ou promoção possa resultar em projetos atrativos, criando novas dinâmicas e atividades em benefício de residentes e visitantes».

Arrancando este mês de julho, os processos de comercialização dos imóveis preveem a sua venda até outubro próximo.