Barragem de Laúca produz energia a partir de 21 de Julho

Ana Tavares |
Barragem de Laúca produz energia a partir de 21 de Julho

De acordo com o director do projecto, Elias Estêvão, para este dia está previsto o início da produção e injecção na rede do primeiro grupo gerador, num total de 334 megawatts.

Por outro lado, a conclusão da linha de transporte entre Laúca e Cambambe já foi concluída, o que vai permitir escoar a energia para Luanda. Em Dezembro fica concluída a linha entre Laúca e Catete, e no próximo ano as linhas que ligam Laúca ao sul do país. Segundo este responsável, em 2018 será ainda construída uma subestação de 400 megawatts em Malanje.

Segundo o Jornal de Angola, daqui a 4 meses, a barragem de Laúca atingirá uma quota de 830, e será a maior de Angola. Ficará completamente cheia nos 850 só em 2018.