Banco de Portugal alerta para riscos da concessão "fácil" de crédito

Ana Tavares |
Banco de Portugal alerta para riscos da concessão "fácil" de crédito

De acordo com o regulador, «a atual conjuntura de maior crescimento económico, subida de preços no imobiliário e maior concorrência poderá propiciar uma menor restritividade nos critérios de concessão de crédito, que poderá, por sua vez, comprometer a sustentabilidade financeira de famílias, empresas e das próprias instituições de crédito», pode ler-se no documento.

«Poderão existir incentivos à colocação no mercado de retalho de instrumentos financeiros cujas características não sejam convenientemente percebidas pelos clientes ou desadequadas às suas necessidades, mas que permitam às instituições financeiras recuperar rendibilidade e transferir riscos do seu balanço», nota.

O BdP avisa ainda que «caso os preços do imobiliário evoluam para níveis não suportados pelos fundamentos, a sua eventual correção levaria à perda de valor dos colaterais e dos imóveis na carteira dos bancos», cita o Idealista.

Por outro lado, uma eventual subida dos juros de referência dos empréstimos pode acarretar alguns perigos para o setor, e por isso o BdP avisa que «num cenário de aumento das taxas de juro, a qualidade das carteiras de crédito poderá ser negativamente afetada, em particular se a recuperação económica em Portugal não acompanhar a evolução na área do euro», pode ainda ler-se.