Avaliação bancária sobe consecutivamente há 13 meses

Ana Tavares |
Avaliação bancária sobe consecutivamente há 13 meses

 

Trata-se do valor mais alto desde o início de 2011, de acordo com o INE, 4 euros superior ao registado em março, e uma subida de 5,5% face a abril de 2017.

Os apartamentos registaram um valor médio de avaliação de 1.224 euros/m², mais 6 euros que no mês anterior. O Algarve tem os apartamentos mais caros a nível de avaliação bancária, cerca de 1.478 euros/m², por oposição aos 965 euros/m² do Alentejo.

As moradias viram o valor descer 3 euros para os 1.074 euros/m². Lisboa tem as moradias com o valor médio de avaliação mais elevado do país, de 1.452 euros/m², seguida pelo Algarve, com 1.426 euros/m².

No conjunto nacional, citado pelo Idealista, as maiores subidas registaram-se nas Ilhas, num aumento de 2% no caso dos Açores e de 1,9% na Madeira. Centro e Norte registaram as únicas descidas de -0,4% e -0,3%, respetivamente.