Avaliação bancária em máximos de 10 anos nos 1.196 euros

Ana Tavares |
Avaliação bancária em máximos de 10 anos nos 1.196 euros

 

Este é o valor o valor registado mais elevado desde setembro de 2008, ano em que a série do INE começou a ser produzida, nota o Negócios.

Este valor representa um aumento de 9 euros face ao mês anterior, e de 74 euros (6,6%) face a agosto do ano passado. No caso das moradias, o valor médio de avaliação subiu 12 euros para os 1.102 euros/m², e nos apartamentos 9 euros para os 1.252 euros/m².

A nível regional, destaque para a Madeira, onde o valor de avaliação cresceu 2,4%, a maior variação mensal do país. Face ao período homólogo, o destaque vai para o Algarve, que cresceu 9,6%, onde aliás se regista o valor mais elevado para os apartamentos, de 1.252 euros/m².

Os números do INE mostram ainda que, em agosto, o Algarve, a Área Metropolitana de Lisboa, a Região Autónoma da Madeira e o Alentejo Litoral apresentaram valores de avaliação superiores à média nacional, em 29%, 23%, 13% e 4%, respetivamente. Beira Baixa, Beiras e Serra da Estrela e Alto Alentejo registam os valores mais baixos em relação à média nacional, -30%.