Ampliação do aeroporto anima imobiliário no Montijo

Ana Tavares |
Ampliação do aeroporto anima imobiliário no Montijo

De acordo com o Diário de Notícias, o preço das casas já terá subido cerca de 10%, mesmo antes de o projeto arrancar. Nos últimos meses, a autarquia do Montijo tem recebido vários contactos e pedidos para a instalação de novos alojamentos na cidade. O autarca Nuno Canta confirma que «começam a chegar algumas intenções e alguns projetos mais concretos», cerca de cinco, envolvendo empresas nacionais e internacionais.

Segundo apurou o DV, uma destas empresas será a hoteleira Meliá, que já tem o Hotel Tryp Montijo, o único alojamento com classificação de hotel na zona, e poderá vir a abrir uma nova unidade mais perto do Samouco. Mário Tribuna, diretor geral do Tryp Montijo, explica que «é natural que a zona cresça em alojamentos e oferta. Vão nascer mais hotéis e tenho a certeza de que vão chegar duas ou três cadeias especializadas em gestão de hotéis de aeroporto. Já se nota em alguns portais um forte interesse de grupos na compra ou concessão de unidades nesta região».

Também as agências imobiliárias começam a sentir um novo movimento no mercado, segundo a mesma fonte, «especialmente do lado dos pequenos proprietários de terrenos, que vêm mostrar abertura para vender», nota uma das imobiliárias locais. Por outro lado, «os preços já estão a subir cerca de 10%» tanto para compra como para arrendamento.

Certo é que a base aérea do Montijo carece de infraestruturas e acessos na sua envolvente, o que se deverá desenvolver a par da extensão do aeroporto.