ABERTO O CONCURSO PÚBLICO PARA A RECONVERSÃO DO ANTIGO MATADOURO DO PORTO

Fernanda Cerqueira |
ABERTO O CONCURSO PÚBLICO PARA A RECONVERSÃO DO ANTIGO MATADOURO DO PORTO

 

A par da requalificação do Pavilhão Rosa Mota e da criação da Plataforma Intermodal de Campanhã, a reconversão do Antigo Matadouro Industrial do Porto é uma das grandes obras da cidade, «um equipamento âncora na reabilitação da zona oriental da cidade, baseado nos eixos da coesão social, economia e cultura», anunciou a autarquia na apresentação do projeto.

De acordo com anúncio publicado, em Diário da República, este é um concurso limitado por prévia qualificação, cuja primeira fase do procedimento consiste na qualificação prévia dos candidatos. O objetivo será selecionar os candidatos que cumpram os requisitos técnicos e financeiros mínimos estabelecidos no concurso.

A fase de projeto terá uma duração de sete meses, a fase de obra de dois anos e a fase de exploração de trinta anos.

Orçado em 15 milhões de euros, o projeto de reconversão e exploração do Antigo Matadouro do Porto, visa converter o velho edifício num polo multidisciplinar com espaço para empresas criativas e tecnológicas, projetos artísticos, laboratórios de gastronomia, área desportiva, estúdios de media e audiovisual, e residências artísticas.