84 nacionalidades compraram casa em Lisboa no último ano e meio

Ana Tavares |
84 nacionalidades compraram casa em Lisboa no último ano e meio

 

Em causa estão as 11 freguesias da cidade monitorizadas pelo SIR – Reabilitação Urbana, sistema de informação gerido pela Confidencial Imobiliário. Este número de imóveis representa cerca de 18% do total das 7.300 transações de habitação realizadas nesta área no período em questão.

No total, estes estrangeiros dos 5 continentes investiram 446 milhões de euros, sendo que chineses e franceses foram as nacionalidades dominantes, responsáveis por 21% e 20%, respetivamente, do volume de investimento realizado por estrangeiros. Nota ainda para os brasileiros, que representam 10%, e dos compradores do Médio Oriente, com 8%.

De acordo com o relatório da Ci, a freguesia da Misericórdia registou o maior número de transações, num total de 22%, que representam 103 milhões de euros de investimento, numa média de 347.000 euros por imóvel.

Segue-se Santa Maria Maior, com 15% dos negócios e um investimento de 60 milhões de euros, com um valor médio ligeiramente inferior, de 328.000 euros. Arroios reteve 14% das operações e 48 milhões de euros investidos, num valor médio de investimento de 260.000 euros, três freguesias que concentram 47% do montante investido neste período e 50% do número de operações realizadas por estrangeiros nos 18 meses em análise.