3.000 casas começam a ser construídas em Cabinda

Ana Tavares |
3.000 casas começam a ser construídas em Cabinda

 

A cerimónia contou com a presença de Eugénio Laborinho, governador provincial de Cabinda, e do secretário provincial das Obas Públicas, Paulo Luvambano. Segundo este responsável, este projecto faz parte do plano de obras de melhoramento da macro-drenagem e protecção das encostas do morro do Tchizo, que prevê a construção de um tota de 12.000 casas.

Na primeira fase deste projeto, serão construídas 3.000 moradias geminadas T3, numa área de cerca de 80 metros quadrados. Dentro de 5 a 6 meses estarão erguidas cerca de 80 moradias, segundo a Angop.

 

 

 

 

Foto: Angop