Obras do novo aeroporto de Luanda vão ser sujeitas a novas alterações

Ana Tavares |
Obras do novo aeroporto de Luanda vão ser sujeitas a novas alterações

 

O anúncio foi feito recentemente em Luanda pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, que explicou que a decisão foi tomada tendo em conta informações que constam de um memorando sobre o estado de execução da obra, aprovado no início do mês em Conselho de Ministros.

Estas alterações deverão adequar a estrutura aos padrões mais actuais de modernidade e conforto dos passageiros. O Governante relembra que «estamos a falar de um projecto que se iniciou há dez anos, cuja concessão também é muito antiga», cita a Madauhub.

O novo aeroporto está a ser construído na comuna do Bom Jesus, no Icolo e Bengo, a 30 km de Luanda. Rodrigo Januário, director-geral da Mace Group, empresa encarregue da fiscalização da obra, afirmou em Junho do ano passado que as obras deverão ser concluídas no próximo ano, «caso não se venham a verificar constrangimentos de ordem financeira». Sendo que, garante Ricardo de Abreu, existe reserva financeira por parte do Ministério das Finanças.

O novo aeroporto está a ser construído pela China International Fund Limited, contratada pelo Governo angolano por 3.800 milhões de dólares.