Imposto Predial Urbano rende 31.000M de kwanzas

Ana Tavares |
Imposto Predial Urbano rende 31.000M de kwanzas

A Administração Geral Tributária prevê que as receitas arrecadadas em 2017 aumentem cerca de 13%, seguindo a rota de crescimento registada desde 2012.

A província de Luanda tem sido a mais representativa em termos de cobrança do IPU, devido à distribuição do parque imobiliário, seguida por Cabinda e Benguela.

Decorrem agora ações de sensibilização para mitigar o défice de registo de prédios na matriz predial das repartições, que ronda os 98%, e para incentivar o pagamento do imposto.

Em causa estão os compradores de imóveis nas novas centralidades, tanto os que pagaram o imóvel na totalidade, como os que estejam ao abrigo de um contrato de promessa de compra e venda com propriedade resolúvel, esclarece o Jornal de Angola.