Hoteleira Accor vai sair de Angola

Ana Tavares |
Hoteleira Accor vai sair de Angola

 

De acordo com o Expansão, este negócio, que surgiu em 2015 depois da visita a Angola pelo então Presidente François Hollande, caiu devido à falta de divisas e à conjuntura económica do país. Este cenário atrasou sucessivamente vários investimentos que deveriam ter ficado concluídos no ano passado, o que impediu o grupo AAA de manter as condições contratuais.

Actualmente, Angola tem 5 unidades do grupo AAA geridas pela Accor, que perdem a marca Ibis e vão passar a designar-se IU Hotel.