China concede nova linha de crédito de $2.000M a Angola

Ana Tavares |
China concede nova linha de crédito de $2.000M a Angola

 

De acordo com a Macauhub, este apoio financeiro será destinado à construção e conclusão de várias infra-estruturas no país, sendo que estão identificados como projectos prioritários a segunda fase do Centro Integrado de Segurança Pública, do novo Centro de Convenções e Hotel, Sistema de Abastecimento de Águas de Luanda, Aproveitamento Hidroeléctrico do Zenzo e ligação de média e alta tensão do Huambo, Huíla e Namibe. São também prioridade a requalificação do troço ferroviário do Zenza-Cacuso, a ligação ferroviária Luacano-Jimbe, para ligar o Caminho-de-Ferro de Benguela à Zâmbia, programa de recuperação de infra-estruturas rodoviárias e a nova Base Naval da Marinha de Guerra.

O instrumento jurídico foi assinado pelo Ministério das Finanças de Angola e pelo Banco de Desenvolvimento da China, no âmbito da visita de Estado do Presidente angolano, João Lourenço, segundo a agência noticiosa Angop.  Não são conhecidos detalhes do período de amortização ou a taxa de juro que será aplicada.

Esta não é a primeira linha de crédito que a China concede a Angola. A primeira foi assinada em 2002, num valor de 23.000 milhões de dólares, essencialmente destinados à construção de centrais de energia, estradas, pontes, hospitais ou habitação.