Centralidade do Capari tem 3.000 fogos por habitar

Ana Tavares |
Centralidade do Capari tem 3.000 fogos por habitar

A informação foi dada por Gilberto Monteiro, director comercial da empresa, segundo o qual 1.600 das quase 4.000 habitações construídas já foram entregues. Está entretanto em estudo um plano com o Ministério do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação para dar continuidade ao processo de entrega dos fogos e para o levantamento da situação de vários apartamentos vazios que foram entretanto vandalizados.

O responsável falava à margem da visita da ministra da pasta, Ana Paula de Carvalho, ao Bengo, na qual participou também a governadora provincial Mara Quiosa, que lembrou que a centralidade não tem ainda construídos serviços como lojas, posto de saúde, esquadra ou escola primária.

 

 

Foto: Centralidade do Huambo