Centralidade da Caála vai ser comercializada a partir do próximo ano

Ana Tavares |
Centralidade da Caála vai ser comercializada a partir do próximo ano

De acordo com o Jornal de Angola, em Setembro próximo vão ficar concluídas as infra-estruturas técnicas da centralidade. As obras foram retomadas, e deverão ter a duração de um ano e meio.

Ana Paula de Carvalho, ministra do Ordenamento do Território e Habitação de Angola, avançou entretanto que o Governo está a trabalhar num mecanismo de administração específica para as centralidades, com vista a garantir a manutenção dessas comunidades.

Depois de entregue a centralidade da Caála, será entregue a centralidade do Bailundo, e depois a do Moxico.