Caminho-de-ferro de Benguela concluído e entregue ao Governo

Ana Tavares |
Caminho-de-ferro de Benguela concluído e entregue ao Governo

Este troço agora concluído deverá dar resposta ao fluxo de passageiros e mercadorias nos próximos anos, de acordo com o director-geral da empresa, Han Shu Chen, que falava esta semana no Lobito, durante a cerimónia de receção definitiva das obras de reconstrução do CFB por parte do Ministério dos Transportes. «Depois da entrega definitiva da linha, não vamos sair do CFB. Ainda temos equipas permanentes ao longo da linha para os trabalhos de manutenção», esclareceu o responsável.

A linha férrea fica completamente operacional 10 anos depois do início da obra, levada a cabo pela subsidiária do grupo China Railway 20 Bureau, segundo a Macauhub.

Esta linha tem 67 estações e apeadeiros entre Benguela, Huambo, Bié e Moxico. Os comboios voltaram a circular em 2015, quase 30 anos depois da sua destruição total durante a guerra civil. A obra terá custado cerca de 1.800 milhões de dólares, financiados através de uma linha de crédito da China.

 

 

 

Foto: Macauhub