Lisboa

[re]Lisboa estreia formato online esta semana

Ana Tavares |
[re]Lisboa estreia formato online esta semana

O evento salta para um novo palco, num formato adaptado aos novos constrangimentos causados pela pandemia, através da plataforma Accelevents, por forma a permitir «uma interação o mais próxima possível de um evento presencial», explica António Gil Machado, diretor do evento, que garante que a organização teve «um bom acolhimento e boa adesão de todo o conjunto de parceiros». É esperado um número recorde de participantes e assistentes.

Entre os principais temas da edição deste ano da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa estão as Novas Políticas de Habitação e os programas de apoio ao setor, como o Programa de Arrendamento Acessível ou os programas municipais, como o Renda Segura, da CML, já que «todas as iniciativas de promoção de habitação a custos controlados ganham uma nova dinâmica e atenção, em especial se forem associados com outra discussão, que é o colapso do alojamento local, e a perda de rendimentos destes proprietários», explica o responsável.

Por outro lado, Lisboa – Capital Verde estará também em destaque, numa altura de pandemia em que há que manter a preocupação da sustentabilidade e do conforto. «Depois de termos ficado confinados em casa, percebemos a necessidade de ter mais conforto em casa, principalmente num cenário em que o teletrabalho vai ser mais efetivo», diz António Gil Machado.

Entre outros focos de debate estão o impacto do novo regime legal da reabilitação urbana, a apresentação do novo Programa Relançar, criado pela APPII, ou a inovação social, as novas formas de viver em tempo de pandemia, o urbanismo digital ou o turismo.

Na plataforma da [re]Lisboa, os participantes «poderão assistir a sessões plenárias, sessões paralelas, e podem revisitar aquelas que não tiveram oportunidade de ver». Terá também uma componente de exposição, através da qual os stands das empresas podem ser visitados, «com a possibilidade de interagir de forma direta. É possível marcar reuniões com as empresas, ou ver quem está a assistir ao evento. É também possível falar e marcar reuniões com outros participantes», explica o diretor da SRU.

Para participar basta inscrever-se no site do evento e aderir ao passaporte da [re]Lisboa. 

Organizada pela Vida Imobiliária e pela Promevi, a Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa conta com o apoio da CML e da SCML, e de diversas entidades do setor privado. Schmitt+Sohn, Secil, Ecociaf, Reynaers e CIN alinham nos patrocínios Platina. Na categoria Ouro incluem-se A400, Avenue, Caixiave, CBRE, Contacto Atlântico, Grohe, Grupo SanJose, Neoturis, Round Hill Capital, Sanitana, Savills, Veka e Victoria Seguros. Nos patrocínios institucionais alinham a ADENE, ALP, APPII, CPCI, IHRU, GECoRPA, IMPIC, LNEC, Ordem dos Arquitectos, Ordem dos Engenheiros e OET. Os apoios institucionais cabem à ACAI, APEMIP, APFIPP, CENTRO HABITAT, INVESTLISBOA, RICS. O Portal oficial é o Idealista e jornal oficial o Público Imobiliário.

Para mais informações sobre a VII Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa, incluindo a agenda e registo de participantes, visite o site AQUI.