Novo LACS abre no edifício do Tribunal do Trabalho com €1,2M

Ana Tavares |
Novo LACS abre no edifício do Tribunal do Trabalho com €1,2M

 

O novo espaço da rede de espaços criativos, coworking e escritórios flexíveis para empresas criativas deverá abrir em abril do próximo ano, depois de completamente renovado, e vai acolher cerca de 780 novos membros. Junta-se aos dois centros já em funcionamento no Cais da Rocha do Conde de Óbidos, também em Lisboa, e em Cascais.

«Juntando os três espaços, passamos a ter 2100 membros e tornamo-nos a maior rede de networking de Portugal ligada às indústrias criativas», diz ao Expresso o empresário Miguel Rodrigues, um dos mentores e sócios deste projeto.

O LACS dos Anjos terá uma área total de construção de 7.000 m², com 5 pisos para estacionamento abaixo do solo. Para já, registam-se «centenas de candidaturas, entre pequenas, médias e grandes empresas, algumas das quais multinacionais», avança o responsável.

O primeiro LACS, em Lisboa, foi inaugurado em junho deste ano, resultado da reconversão das antigas cantinas e balneários do Porto de Lisboa. Em setembro, inaugurou o LACS de Cascais, instalado na antiga sede da Nokia, no campus da Logoplaste. Segundo Miguel Rodrigues, «os dois polos já a funcionar estão com ocupações excecionais e continuam a receber candidaturas diariamente, desde grandes empresas nacionais e internacionais, nas áreas do design, novas tecnologias e indústrias criativas, até empresas mais pequenas, de sectores mais tradicionais, que procuram os nossos pequenos estúdios, e também empreendedores interessados no espaço de coworking».