Hotelaria

Edifício da Confeitaria Nacional deverá transformar-se em hotel

Ana Tavares |
Edifício da Confeitaria Nacional deverá transformar-se em hotel

É o que planeia a promotora Rottshire, que já submeteu à DGPC um Pedido de Informação Prévia para a criação de um hotel neste edifício pombalino que inclui duas lojas históricas, entre as quais a Ourivesaria Barbosa e Esteves, que será autónoma do hotel, e a Confeitaria Nacional, em funcionamento há 191 anos, que será integrada no projeto do hotel. Segundo o Público, o primeiro andar vai servir pequenos-almoços e funcionar como restaurante.

Neste quarteirão, a Rottshire planeia instalar um hotel com 73 quartos, seguindo um projeto de arquitetura do atelier Metrourbe, «integrando as duas lojas históricas» e demolindo o interior do edifício a partir do piso 2.

Uma fonte ligada ao projeto consultada pelo jornal avançou que o processo de licenciamento urbanístico já foi submetido à autarquia de Lisboa.

O imóvel em causa foi vendido pela Fidelidade a empresas do grupo Apollo em 2018, ficando nas mãos da Fragrantstrategy e passando para a Rottshire.