Lisboa

CML lança concurso internacional para reabilitação do Parque Mayer

Ana Tavares |
CML lança concurso internacional para reabilitação do Parque Mayer

Foto: Joseolgon

O critério de adjudicação vai privilegiar a qualidade da proposta, e «nada terá a ver com questões financeiras e economicistas, privilegiando antes a qualidade da proposta cultural e a sua garantia de cumprimento dos objetivos sustentados pelo município», afirma a autarquia.

A requalificação do Parque Mayer está prevista no relatório técnico da Zona de Emissões Reduzidas da Avenida Baixa Chiado (ZER ABC), cujo projeto foi apresentado na semana passada e que prevê que o trânsito automóvel nesta zona passe a ser exclusivo para residentes, portadores de dístico e veículos autorizados.

Neste relatório técnico pode ler-se que «com a intervenção no Parque Mayer conclui-se um processo que se arrasta na cidade de Lisboa e resolve-se uma cicatriz que existe no património urbano e cultural da cidade», citam a Lusa e o Observador.

Este relatório prevê que seja preservada a propriedade municipal do Parque Mayer e das construções aí existentes, estando excluída a venda a terceiros. Deverá também ser assegurado o «estrito cumprimento» do Plano de Pormenor do Parque Mayer, em vigor desde abril de 2012.  

De recordar que atualmente funciona no Parque Mayer apenas o Cineteatro Capitólio, que foi requalificado e reabriu em 2016 depois de quase 30 anos encerrado.