E&V cresce 10,8% em Portugal

Ana Tavares |
E&V cresce 10,8% em Portugal

A E&V cresceu 33,2% na Península Ibérica no ano passado, atingindo um total de transações de 1,4 mil milhões de euros. Para a imobiliária, esta região assume, assim, uma «importância estratégica» para o grupo, que já criou um novo cargo diretivo para a gestão destes mercados. Juan-Galo Màcia é o novo diretor geral da Engel & Völkers para Espanha, Portugal e Andorra, onde se deverá manter «um crescimento sustentado de 15 franchisings por ano, até alcançar um total de 150 em Espanha», diz a empresa em comunicado de imprensa.

No total, a E&V registou um aumento do volume de negócios de cerca de 100 milhões de euros, um novo recorde dos seus resultados financeiros anuais, que subiu 23,6% para os 506,3 milhões de euros.

Com um total de mais de 8.000 colaboradores, o grupo prevê abrir 50 novas localizações em 2017.