Keller Williams

KW abre novos market centers em Lisboa e Algarve

Ana Tavares |
KW abre novos market centers em Lisboa e Algarve

Nuno Ascensão, CEO da Keller Williams, comenta que «é com grande satisfação e orgulho que neste período em que vivemos, a Keller Williams Portugal vê nascer mais um Market Center na região de Lisboa, a par da assinatura de mais um contrato de expansão para o Algarve, dando agora continuidade ao desenvolvimento do nosso trabalho de expansão comercial para o sul do país».

Por seu turno, Afonso Silva, Operating Partner da KW Lead, considera que a abertura deste novo Market Center no Restelo «vem reforçar a presença da KW e em particular da KW Lead, já a operar em Santos/Misericórdia, na região de Lisboa. Para este projeto, contamos com a Verónica Oliveira, uma parceira com provas dadas, tendo já alcançado como consultora o lugar n.º 1 do Top Nacional da KW, e que aceitou o desafio de liderar a abertura da nova loja do Restelo como nº. 1 (Team Leader) e acionista do projeto», acrescenta.

Sobre o novo contrato assinado para o Algarve, Nuno Ascensão realça que «é um orgulho vermos nascer mais um Market Center no Algarve. Futuramente, com esta equipa de Faro vamos continuar a desenvolver o nosso trabalho, dando espaço para crescer num mercado que se tornará cada vez mais de turismo residencial. Anualmente, realizam-se mais de 40.000 transações imobiliárias nesta região, pelo que há mercado para os profissionais poderem desenvolver o seu negócio no sul do país».

No Algarve, a KW tem já aberta a KW Flash, em Albufeira. José Bernardo, da KW Flash Algarve, acredita que «este processo de expansão, com a assinatura do Market Center KW Faro vem aliar-se aos restantes Market Centers no Algarve que se encontram nos concelhos de Albufeira, Portimão, Lagoa e Silves, onde conta já com mais de 130 consultores imobiliários».

Nuno Ascensão conclui que «os Market Centers da KW têm apenas cinco anos de presença em Portugal, onde cada um deles tem uma dimensão quatro vezes superior à média do mercado. Isto leva-nos a acreditar que mesmo o durante o período da pandemia, a meta por nós traçada de até ao final de 2021 chegar aos 50 Market Centers é um objetivo cada vez mais realista».