Crédito

Crédito à habitação sobe em fevereiro para os €1.275M

Ana Tavares |
Crédito à habitação sobe em fevereiro para os €1.275M

No passado mês de fevereiro, os bancos em Portugal concederam 1.940 milhões de euros de novos empréstimos a particulares, 1.275 dos quais para habitação, 453 milhões de euros para o consumo e 212 milhões para outros fins.

Trata-se de uma subida de cerca de 7% do montante concedido para habitação face a janeiro, e de 18% face a janeiro de 2021.

Segundo os números publicados pelo Banco de Portugal, no mês em causa, a taxa de juro dos créditos à habitação também subiu, acompanhando a subida da Euribor, para 0,87%, acima dos 0,81% de janeiro.

De recordar que entraram em vigor a 1 de abril novas regras para a concessão de crédito à habitação, que reduzem as maturidades dos empréstimos em função da idade, na sequência de uma recomendação do Banco de Portugal sobre o prazo médio dos contratos.

O prazo máximo dos novos contratos de crédito à habitação e de outros créditos com garantia hipotecária ou equivalente não deve ser superior a 40 anos, no caso de clientes com até 30 anos; 37 anos no caso de clientes entre os 30 e os 35 anos; e de 35 anos no caso de clientes com mais de 35 anos.