Aeroporto do Porto vai receber 32 aviões por hora em 2020

Ana Tavares |
Aeroporto do Porto vai receber 32 aviões por hora em 2020

A empreitada deverá custar 15 milhões de euros, e vai permitir ao aeroporto melhorar a sua circulação e segurança, bem como o crescimento de 60% da circulação aérea, através da ampliação do caminho de circulação paralelo à pista.

Numa visita às obras, que contou com a presença, entre outros, do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, o CEO da Vinci Airports, Nicolas Notebaert, comentou que a ideia é «preparar o aeroporto do Porto para continuar a crescer». Thierry Ligonnière, CEO da ANA, afirma que «graças a todo este investimento vão melhorar as condições operacionais do Aeroporto do Porto, reduzir o consumo de combustível e o desgaste dos aviões, em função dos seus menores tempos de rodagem, bem como diminuir as emissões de dióxido de carbono, ficando todos a ganhar com a ampliação dos espaços».

No ano passado, o aeroporto Francisco Sá Carneiro recebeu 11,9 milhões de passageiros, mais 10,7% face ao ano anterior.