VIC Properties

VIC vai investir €450M na Herdade do Pinheirinho

Ana Tavares |
VIC vai investir €450M na Herdade do Pinheirinho

Situado na zona de Melides/Grândola, com uma área de implantação de 200 hectares, este projeto foi lançado inicialmente antes da última crise, em 2008, prevendo a construção de um hotel, dois aparthotéis e um campo de golfe, num total de 250 apartamentos e 450 moradias. Ficou, entretanto, nas mãos do Novo Banco devido ao incumprimento de créditos, e a herdade foi agora vendida à VIC Properties, um negócio avaliado em 80 milhões de euros, conforme avançou o Económico em março.

De acordo com João Cabaça, presidente executivo da VIC Properties, esta é uma «aquisição estratégica» da promotora, que está segura de que, nos próximos anos, «vai existir uma cada vez maior valorização de segundas habitações, inseridas em contextos mais próximos na natureza».

Em comunicado, afirma que a Herdade do Pinheirinho reúne todas estas condições, acrescida da mais-valia de estar localizada a pouco mais de 1 hora de Lisboa: «trata-se de uma zona com grande potencial com a qual a VIC Properties se identifica muito e na qual pretende concentrar esforços nos próximos anos».

A promotora está neste momento a fazer uma reavaliação do projeto, que deverá ser mais vocacionado para a família, com menor densidade, e com acessos à praia e natureza reforçados. Ao Expresso, este responsável avança que a Herdade do Pinheirinho «tem uma oferta bastante diversificada numa zona muito procurada, mas que tem estado um pouco esquecida no tempo e no espaço. Está tudo infraestruturado, o campo de golfe também está em funcio­namento». A promotora propõe-se agora a avançar o projeto «o mais rapidamente possível». No total, o investimento deverá rondar os 450 milhões de euros, avança a mesma fonte.

Para Luís Gamboa, COO da VIC Properties, este empreendimento «vai aumentar a oferta numa zona que necessita de projetos estruturantes e que possam alargar a oferta de serviços na região. Temos a certeza de que a Herdade do Pinheirinho será um projeto de referência em Portugal, com um forte impacto no panorama imobiliário nacional, assim como na economia e na criação de emprego local».