Expo Real

Matosinhos tem-se "transformado numa terra de oportunidades" de investimento

Felipe Ribeiro |
Matosinhos tem-se "transformado numa terra de oportunidades" de investimento

Estiveram presentes na Expo Real 2022, entre os dias 4 e 6 de outubro, os principais players do setor imobiliário internacional. Para além das diversas conferências e painéis de discussão que tiveram lugar ao longo dos três dias do evento, de destacar o espaço “Greater Porto”, onde Porto, Gaia e Matosinhos apresentaram as suas oportunidades de investimento, uma «participação inédita», apontou Luísa Salgueiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, em conversa com a Vida Imobiliária.

Fotografia retirada do site da Expo Real 2022
Fotografia retirada do site da Expo Real 2022

"Entendemos que nos devíamos apresentar internacionalmente em conjunto"

Para Luísa Salgueiro «a escala de iniciativas como esta não é compatível com uma concorrência entre municípios, somos um contínuo, que assim pode ter uma escala superior», por isso, concluíram que «devíamos apresentar internacionalmente em conjunto» para assim, em conjunto, «competirmos com outros mercados ao nível europeu, que aqui vem procurar as melhores localizações para os seus investimentos». O objetivo do projeto Greater Porto passa por «valorizar as empresas que já trabalham nos nossos municípios, fomentar negócio, gerar riqueza, promover a economia. Queremos que este Greater Porto coloque Portugal no mapa através destes três municípios», completa a presidente da autarquia de Matosinhos.

"Matosinhos tem características diferenciadoras"

Ao enumerar algumas das vantagens do município, como o facto de ser o «único município com ligações aéreas, rodoviárias, ferroviárias e marítimas, temos política fiscal amigas das empresas, grandes áreas disponíveis para urbanização, um clima e ecossistema de inovação, empreendedorismo muito forte e ensino superior: são características diferenciadoras», Luísa Salgueiro considera que Matosinhos pode «competir com qualquer outra localização com as melhores localizações, condições fiscais, com os melhores serviços para quem está à procura de um local onde investir».

Na Expo Real, Matosinhos contou também com vários projetos em exposição, como as «zonas da antiga Jomar, Tertir, Lionesa, o Fuse Valley, as 6 unidades de planeamento e gestão previstas no PDM (500 hectares disponíveis para construção em locais de excelência)», indicou a representante da autarquia de Matosinhos.

Matosinhos é «uma comunidade vibrante» onde o «grande dinamismo» que se tem verificado «acompanha as suas características mais tradicionais», salienta Luísa Salgueiro, demonstrando que a cidade «tem-se transformado numa terra de oportunidades» onde «grandes multinacionais instalam-se». De facto é «uma região vizinha do Porto» mas «com vida própria» que tem «todas as condições para ser o local certo para o investimento (...) somos o 5º concelho em termos de impacto económico no país», completa a Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos.