M7 compra portfólio de €35M em Portugal (atual.)

Ana Tavares |
M7 compra portfólio de €35M em Portugal (atual.)

Os imóveis foram comprados a diferentes compradores em transações distintas pelo M7 Portuguese Active Fund (M7 PORAF), noticia a Property EU. 

O portfólio soma os 75.232 m² distribuídos por ativos industriais e logísticos nas zonas de Lisboa, Porto e Évora, colocados a 90% e contando atualmente com 13 inquilinos.

Quatro destes ativos foram comprados à Imofundos – Sociedade Gestora de Fundos e Investimento Imobiliário S.A., representada na operação pela Worx. Situam-se em Palmela, Prior Velho, Évora e Albergaria-a-Velha, com um total cerca de 60 000 m². «Foi muito interessante apoiar a Imofundos a desenhar esta operação, concretizando-a com um player internacional com a dimensão da M7», comenta Pedro Valente, Capital Markets da Worx.

Para Leonardo Peres, Managing Director da M7 Portugal, «num mercado com pouca oferta, este portfólio é uma boa oportunidade para criação de valor e receitas através de nova gestão. O nosso foco passa agora por seguir um novo “business plan” par este portfólio, que inclui um aumento das rendas e do valor do capital», cita a IPE Real Assets.

O fundo M7 PORAF foi lançado no último trimestre do ano passado. Em março fez a sua primeira aquisição de 55,7 milhões de euros. O fundo tem atualmente um portfólio de 91 milhões de euros em Portugal, incluindo 22 ativos de escritórios, logística, industrial e retail parks.

Em julho, num almoço organizado pela Vida Imobiliária, Leonardo Peres anunciou que a M7 planeia criar um novo fundo com capacidade para investir cerca de 100 milhões de euros no nosso país. No radar estão essencialmente ativos que ofereçam oportunidade à gestora de acrescentar valor, sobretudo, no segmento multi-tenant, um setor muitas vezes «negligenciado e considerado ineficiente por força da reduzida dimensão dos seus ativos e da gestão intensiva necessária». Por outro lado, o setor de escritórios ou de logística «são segmentos que têm revelado uma dinâmica ocupacional muito interessante e robusta na cidade do Porto».

 

Atualização às 14h30 de 25 de setembro