Parque Oriente vai ter 8.000 m² de escritórios

Ana Tavares |
Parque Oriente vai ter 8.000 m² de escritórios

Este será um novo complexo de uso misto a desenvolver na antiga Fábrica Barros com 43.800 m² maioritariamente residenciais, com 8.000 m² de espaços empresariais, 5.000 m² para comércio e outros 2.000 para equipamentos. Segundo a Lusa, o pedido de licenciamento da operação de loteamento foi apresentado pela UPI Parque Oriente, filial portuguesa da francesa Union de Partenaires pour l’Investissement (UPI).

Trata-se de um projeto com 4 investidores distintos, incluindo a belga Besix Red e um grupo francês também já presente no mercado de Lisboa. Ao Idealista, Gabriel Uzgen, CEO da Besix Red, explica que «estamos convencidos que em junho de 2019 poderemos obter licenças, sendo que já temos a arquitetura bastante avançada».

A Besix Red é uma das maiores construtoras belgas e tem também em andamento em Portugal o empreendimento residencial Praça de Espanha, em parceria com a Compagnie du Bois Sauvage. Afirma-se atenta ao mercado residencial e de escritórios de Lisboa, e tem outros três projetos em estudo também na capital: «O que é importante realçar é que não estamos só a falar, estamos a trabalhar no terreno. Há um terceiro projeto já em andamento, mas ainda não temos garantias para falar sobre ele», avança ainda Uzgen.

Ainda este ano, a empresa deverá abrir a sua sede em Lisboa.

 

 

 

 

Foto: Google/Idealista