Valor médio de avaliação bancária cresce 4,6% em agosto

Ana Tavares |
Valor médio de avaliação bancária cresce 4,6% em agosto

Neste mês, o valor médio das avaliações bancárias aumentou tanto para moradias como para apartamentos, 0,7% e 0,5%, respetivamente, sendo que os valores médios de avaliação fixaram-se nos 1.173 euros/m² no caso dos apartamentos, mais 6 euros que no mês anterior e mais 5% em termos homólogos. O valor médio da avaliação das moradias foi de 1.044 euros/m², mais 7 euros que no mês anterior, e mais 4,5% que em igual mês de 2016.

A nível regional, as maiores subidas registaram-se na Madeira, com 1,9%, e no Centro, com 1%. Apenas os Açores desvalorizaram com -0,5%. Já face ao período homólogo, as variações mais significativas registaram-se na Madeira, que subiu 6,8%, no Centro, que cresceu 6,2%, e no Norte, com mais 5,8%. A nota foi novamente de descida para os Açores, de 0,2%.

O INE nota ainda para o facto de que, em agosto, as regiões do Algarve, Área Metropolitana de Lisboa, Madeira e Alentejo Litoral apresentaram valores de avaliação bancária superiores à média nacional, sendo que os valores foram 21% e 26% superiores nos casos do Algarve e da Área Metropolitana de Lisboa, respetivamente.