Preço da habitação em Lisboa ronda os 2.315 euros/m2

Ana Tavares |
Preço da habitação em Lisboa ronda os 2.315 euros/m2

 

No período analisado, foram 6 os municípios do país que registaram preços de venda de habitação superiores a 1.500 euros/m², entre os quais Cascais, com 1.893 euros/m², Loulé, com 1.704 euros/m², Lagos, com 1.619 euros/m², Oeiras, com 1.572 euros/m² e Albufeira, com 1.524 euros/m². Face ao período homólogo, todas as cidades com mais de 100.000 habitantes registaram uma subida dos preços da habitação, com especial destaque para a subida de 16% da Amadora, de 15,5% de Lisboa e de 14,1% do Porto.

A informação do INE revela que no período em análise, o preço mediano de vendas de alojamentos de tipologia T0 ou T1 foi de 1.111 euros/m² no total do país, de 917 euros/m² no caso dos T2, de 857 euros/m² no caso dos T3 e de 837 euros/m² para os T4. Na Área Metropolitana de Lisboa, Algarve,  Madeira e Porto os preços foram superiores à média nacional para as tipologias analisadas.

Em Lisboa, e por oposição ao resto do país, o preço mediano foi mais elevado nos alojamentos T4 ou superior. Note-se que esta foi a área que apresentou o preço mais elevado para T0 e T1 no 3º trimestre, na ordem dos 1.468 euros/m². Esta foi a região que apresentou o maior diferencial entre o preço mediano por tipologia do alojamento familiar, de 414 euros/m². Os T2 fixaram-se nos 1.118 euros/m², e os T4 ou superior nos 1.532 euros/m².

Também em Lisboa, a diferença de preços entre um fogo usado ou novo varia 763 euros/m², o maior diferencial do país, apesar de ser inferior ao verificado no trimestre anterior, de 818 euros/m². As freguesias da Misericórdia e de Santo António registaram os preços medianos de venda mais elevados, de 3.440 euros/m² e 3.425 euros/m², respetivamente. Foram as duas freguesias que registaram as maiores variações homólogas do preço mediano da habitação, de 38,5% e 46,2%, respetivamente.