Portugal viu abrir 44 novos hotéis no ano passado

Ana Tavares |
Portugal viu abrir 44 novos hotéis no ano passado

 

Lisboa foi a região que viu surgir mais hotéis, representando quase ¼ do total. O Porto e Norte representa 22%.

As 4 estrelas lideraram a nível de tipologia, representando mais de metade do total de aberturas, ao passo que as 5 estrelas representaram mais de 20%. As duas estrelas foram as menos representativas, com uma percentagem de apenas 2%.

No ano passado abriram em Lisboa os 5 estrelas Iberostar Lisboa, com 166 quartos, o Eurostars Museum, com 91 quartos, Corpo Santo Lisbon Historical Hotel, com 79, o The Lumiares, com 53 e o Verride Palácio de Santa Catarina. Nota também para os 4 estrelas AVANI Avenida da Liberdade Lisbon Hotel, com 119 quartos, o Eurostars Cascais, com 101 quartos, o WC Beautique Hotel, com 41 quartos e o Hotel 1908, com 36 quartos. Na região abriram também os 3 estrelas Star Inn Lisbon – Smart Choice Hotel, com 173 quartos (o de maior que abriu na região) e o Fenicius Charme Hotel, com 40 unidades de alojamento.

No Porto e Norte, abriram 10 hotéis, entre os quais o VIlla C Boutique Hotel (43), o Eurostars Porto Centro (74), o Sea Porto Hotel (57), o Vila Galé Porto Ribeira (67), o Exe Porto Centro (74), o Exe Almada Porto (54), o FeelViana Hotel (55), todos de 4 estrelas. Nota ainda para o 5 estrelas Hotel Torel Avantgarde (47), para o 3 estrelas Stay Hotel Porto Centro Trindade (73) e para o 2 estrelas Baixa Hotel, (17).

Os números são de um research da Worx, e mostram que, este ano, a tendência continua a ser de crescimento: espera-se a abertura de mais 50 hotéis em todo o país, maioritariamente na região de Lisboa, que deverá representar quase 50% do total, e 21% no Norte do país.

No final do ano passado, o Ministro da Economia dava conta da previsão de abertura de 80 novos hotéis em 2018 e 2019.