MEDINA QUER 20.000 CASAS DE RENDA ACESSÍVEL EM LISBOA

Ana Tavares |
MEDINA QUER 20.000 CASAS DE RENDA ACESSÍVEL EM LISBOA

Para o autarca, este número pode ajudar a atual situação de habitação na cidade, e é semelhante ao do parque habitacional social da autarquia, sendo que a meta a 4 anos é de 6.000 fogos com rendas entre os 200 e os 400 euros, valores previstos no Programa Renda Acessível.

De acordo com o responsável, «temos de fazer agora para a classe média aquilo que fizemos para a habitação social», cita o DN. Num debate na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, Medina acredita que estes 20.000 fogos podem garantir «a promoção da habitação pública em escala e quantidade suficiente para as classes médias» de forma a alcançar «grande impacto» e a «condicionar os próprios preços de mercado», cita a mesma fonte.