Lisboa lidera preços da hotelaria em dezembro

Ana Tavares |
Lisboa lidera preços da hotelaria em dezembro

 

O AHP Tourism Monitors de dezembro mostra que neste mês a hotelaria registou um crescimento geral nos 3 principais indicadores, nomeadamente a taxa de ocupação, o preço médio por quarto ocupado e o RevPar, que cresceram 3,2%, 8% e 16%, respetivamente. A taxa de ocupação atingiu os 47%, com destaque para o crescimento das duas estrelas. Por outro lado, o preço médio por quarto ocupado fixou-se nos 77 euros, mais 8% que no período homólogo.

O RevPar, por seu turno, fixou-se nos 36 euros, e continua a registar um crescimento bastante expressivo de 16% face ao ano anterior. As duas estrelas subiram 28%.

Já a Estada média fixou-se nos 1,81 dias a nível nacional, mais 1% que em igual período do ano anterior. O Minho e Lisboa e Oeste registaram as maiores variações, de 5% e 5%, respetivamente.

Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP, comenta em comunicado que «fechamos o último mês do ano com resultados interessantes nos principais indicadores. Este mês, e analisando por destinos turísticos, não se registam surpresas: a Madeira foi o destino que melhor resultado teve em taxa de ocupação (62%); já em preços, destaque para a performance de Lisboa (95 euros) e ainda no RevPar (55 euros)».

E salienta ainda dentro dos preços, «mas em variação homóloga, de salientar o crescimento muito expressivo do Minho. É claro que em termos absolutos os resultados demonstram que estamos em plena época baixa».