FMI pede atenção ao imobiliário português

Ana Tavares |
FMI pede atenção ao imobiliário português

 

O alerta foi feito no relatório sobre a sexta avaliação pós-programa, publicado esta 6ª feira, ao qual o Negócios teve acesso. Segundo o FMI, os riscos do mercado estão a aumentar, apesar de o aumento de preços que se tem vindo a verificar não estar a ser conduzido pelo recurso ao crédito. Apesar disso, e salientando que «não há uma indicação clara de sobreavaliação no mercado imobiliário neste momento», acredita que «as autoridades macroprudenciais devem manter-se vigilantes e estar prontas a agir para tomar medidas adicionais se necessário», para evitar desequilíbrios.

O FMI nota que, desde 2013, os preços da habitação em Portugal subiram 20% em termos reais, aumento de 7% na Zona Euro. E recomenda ao Governo que melhore a qualidade da informação estatística sobre o imobiliário, bem como as ferramentas de análise.