Cresce o número de pré-inscritos no Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

Fernanda Cerqueira |
Cresce o número de pré-inscritos no Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

 

Desde a sua primeira edição, em 2013, foram 280 os projetos que concorreram a este Prémio, conquistando em cada nova edição uma maior cobertura geográfica. Só na edição de 2017, a iniciativa recebeu um número recorde de projetos a concurso, tendo sido validadas 81 candidaturas, abrangendo 22 concelhos de Portugal. Este ano, e a menos de um mês do fecho das pré-inscrições, a organização antecipa um novo recorde de inscritos.

Podem candidatar-se ao galardão nacional os projetos e intervenções de reabilitação urbana concluídos entre 1 de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2017 que não tenham sido candidatos em edições anteriores. Qualquer entidade interveniente nos projetos pode apresentar a candidatura desde que acompanhada da devida autorização do proprietário. Na página online do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana pode encontrar o regulamento e o formulário de pré-inscrição além dos contactos da organização para quaisquer dúvidas ou esclarecimentos adicionais.

Além do Alto Patrocínio do Governo de Portugal, concedido através da Direção Geral do Património Cultural, entidade tutelada pelo Ministério da Cultura, o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana volta a contar com o amplo apoio da SECIL. Conta também com os apoios platina da Schmitt+Sohn Elevadores e da Aguirre Newman e apoios ouro da Revigres e Sanitana.