Ares Capital investe no arrendamento suburbano

Ana Tavares |
Ares Capital investe no arrendamento suburbano

 

O fundo entrou no país em 2013, «quando o país deixou de cair nas graças dos investidores e os terrenos e edifícios estavam a preços mais baixos», explica ao Expresso o diretor de investimento Maximilian Hegret. Segundo o responsável, a aposta começou precisamente pela reabilitação de prédios de apartamentos para arrendar, essencialmente em zonas suburbanas, em Vila Franca de Xira, na Amadora, Oeiras, Barreiro, Almada, Corroios e Setúbal.

No total, são já mais de 20 os edifícios reabilitados, com cerca de 250 apartamentos, aos quais se soma o desenvolvimento de outros 50 apartamentos na periferia de Lisboa. O responsável explica que «vemos que há cada vez mais portugueses a fazer a transição de proprietário para arrendatário, seja por necessidade ou escolha, mas não há stock suficiente a preços acessíveis». Por isso, o fundo acredita que «explorar este mercado é lucrativo mas também gratificante, porque estaremos a fornecer às famílias com menos rendimentos uma casa atrativa a preços justos».

Estão em causa projetos onde a renda média de um T2 é de menos de 400 euros por mês. «É por isso que queremos continuar a adicionar o maior número de unidades destas ao nosso portfólio».

Em Portugal, a Ares Capital é dona do agora Évora Plaza, antigo Évora Shopping, que comprou ao Novo Banco. É também dona de um antigo edifício de escritórios na Rua do Conde Redondo, em Lisboa, que se vai transformar no primeiro easyHotel da cidade, já em abril.