Angola simplifica vistos turísticos para fomentar investimento

Ana Tavares |
Angola simplifica vistos turísticos para fomentar investimento

 

Vai deixar de ser exigida carta de chamada a estes 61 países, e no caso de 8 nações não será preciso visto de todo, medida que se insere nas políticas governamentais para estimular o turismo e aumentar o investimento.

Estes vistos presumem uma permanência até 30 dias no país por entrada e 90 dias por ano, segundo o Expansão. A medida concretiza uma das orientações do Programa de Apoio à Produção, diversificação das Exportações e Substituição de Importações, com vista à criação do cluster do turismo em Angola e à melhoria do ambiente de negócios, que entrou em vigor em Janeiro deste ano.

Deixam de precisar de visto para entrar em Angla o Botsuana, Ilhas Maurícias, Ilhas Seychelles, Zimbabué e Singapura, juntando-se à África do Sul, Moçambique e Namíbia.